Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Às Cavalitas do Vento

15.04.19

Páginas Salteadas | Uma viagem exótica e rústica com bolo-inglês de maçã e especiarias

“Sometimes since I've been in the garden I've looked up through the trees at the sky and I have had a strange feeling of being happy as if something was pushing and drawing in my chest and making me breathe fast. Magic is always pushing and drawing and making things out of nothing. Everything is made out of magic, leaves and trees, flowers and birds, badgers and foxes and squirrels and people. So it must be all around us. In this garden - in all the places.” ― Frances Hodgson (...)
18.03.19

Páginas Salteadas | O Diário de Anne Frank e a compota de morango, noz-moscada e tomilho-limão Opekta

  “Apercebi-me finalmente de que tenho de continuar a estudar para não ficar ignorante, para subir na vida, para vir a ser jornalista, pois é isso que quero! Sei que tenho jeito para escrever. Algumas das minhas histórias são boas, as minhas descrições do Anexo Secreto são engraçadas, grande parte do meu diário é enérgica e viva, mas… resta saber se tenho realmente talento. (...) Quando escrevo, consigo libertar-me das preocupações. A minha dor desaparece, o meu (...)
21.01.19

Páginas Salteadas | A doce picada da abelha com bolo de mel, passas e laranja

  "Eu e os livros andámos sempre de braço dado - literalmente. Podia chover a cântaros que era ver-me, na minha pequenez física, ainda que grandiosa na minha ambição de viver aventuras tamanhas, nos confins das páginas, de chapéu de chuva numa mão e de livro aninhado no antebraço inverso". Foi com o meu selvagem tambor a descoberto que confidenciei à Cláudia Gonçalves Ganhão, na sua rubrica 
04.12.18

Qual é o vosso propósito nas redes sociais? Da construção de uma comunidade ao poder diferenciador da vossa voz digital

Cinco dias sem publicar uma fotografia no meu feed de Instagram. A tragédia, a catástrofe, o clímax. “Ui, como assim, Joana? Que cisão vem a ser esta? Onde pairou a tua voz digital durante esta ausência-relâmpago?” Bem, esteve a ser utilizada offline (em verdade, amor e luz), sem “ativismismo de sofá” (como reiterou a minha parceira Vânia Duarte) e com um propósito maior: a concretização da segunda edição do Blogging For a Cause, um evento 100% solidário (o primeiro organizado por bloggers em Portugal),
22.10.18

Páginas Salteadas | Tagliatelle Ferrante al dente, uma viagem napolitana

  É através de um prólogo cru, despido de assombro, desassossego e agitação – pelo menos por parte de Lénu, que rapidamente percebemos que, para além de envergar o papel de narradora, é uma das personagens centrais da história – que começa a desenrolar-se o novelo do primeiro volume da tetralogia napolitana de Elena Ferrante (seguem-se História do Novo Nome, História de Quem Vai e de Quem Fica e História da Menina Perdida, todos editados pela Relógio d’Água). A (...)
19.09.18

Pele sensível? A nova máscara de leite de amêndoas e aveia da The Body Shop acalma-a

"Para os teus beijos, sensual, flori! E amendoeira em flor, só ofereço os ramos, Só me exalto e sou linda para ti!" Florbela Espanca, em "A Mensageira das Violetas" Nutrir a pele não é uma tarefa para anotar na agenda ou que exija que ajustem todos os vossos planos, para conseguirem usufruir de um momento de beleza harmonioso e relaxante. À semelhança das pausas que fazem - ou que deveriam fazer - ao longo de um intenso dia de trabalho, sobretudo se regressaram, (...)
16.09.18

Páginas Salteadas | Bolo de laranja e alfarroba al Tetuão

  "De certa maneira, fazia-me recordar eu própria nos primeiros anos no ateliê da rua Zurbano, quando a minha obrigação era simplesmente correr de um lado para o outro fazendo recados e entregando encomendas, transpirando pelas ruas, ágil e despreocupada como um jovem gato vadio, distraindo-me com qualquer pequeno entretenimento que me permitesse roubar uns minutos à hora de regresso e demorar o mais possível o encerramento entre quatro paredes. A nostalgia ameaçou dar-me uma (...)
20.08.18

Páginas Salteadas | Muffins cativantes de morango, banana e amizade

Há precisamente um ano a nossa imaginação extrapolou os livros de culinária e viajou pelos capítulos da ficção, do empreendorismo, do lifestyle, do amor-próprio e das autobiografias. Desde julho de 2017 que eu, a Vânia Duarte, a Catarina Sousa e a Andreia Moita trazemos inebriantes receitas, todas as segundas-feiras, para os nossos blogues; e, em jeito de celebração do primeiro aniversário do projeto Páginas Salteadas, decidimos organizar um lanche solidário de angariação (...)
18.06.18

páginas salteadas | o pão que a Amazona amassou

    Quando tiverem vontade de soltar o Grito do Ipiranga e sacudir as energias sem samba no pé, experimentem deitar as mãos na massa e recriar o pão que a Amazona amassou, que é como quem diz confecionar a receita de pão de açaí do Páginas Salteadas de junho, inspirada no livro da coleção Uma Aventura: Na Amazónia. Quero ouvir dizer "ai caraca"! E se sentem que precisam de amansar a fera que ruge dentro da vossa alma e que tanto anseia desbravar a selva urbana, refresquem-se com
05.06.18

The Body Shop | Celebrar o Dia Mundial do Ambiente com o lançamento dos novos Body Yogurts 100% vegan

  Quando foi a última vez que acordaram, se soltaram do peso dos lençóis e aproveitaram os primeiros dez minutos da vossa manhã para estarem sozinhos convosco, totalmente concentrados na vossa respiração e recetivos à energia positiva que o mundo tem para vos oferecer? Enamorem-se pela luz natural do sol, que entra mansamente pela janela, e deixem que ela ilumine o vosso dia, o vosso Ninho (do Vento, o meu). Afastem as cortinas, subam as persianas e sintam o calor do samba no pé. (...)